remédio para coronavírus

O que é cloroquina? Tudo o que você precisa saber

Cloroquina: O que é? Quando é utilizada?

Saiba o que é cloroquina e quais doenças ela trata


O que é Cloroquina?

O Difosfato de cloroquina atualmente tem ganhado notoriedade por conta do seu uso em paciente infectados com o novo coronavírus, vale a pena dizer que está em fase de teste, então não temos nada definido ainda.

Ou seja, até o momento da publicação deste conteúdo, não existe resultados conclusivos sobre a eficácia deste medicamento contra o novo coronavírus.

Entretanto, você sabe para que realmente esse medicamento é utilizado?

A cloroquina é um medicamento indicado para profilixia, e também tratamento agudo de malária causada por Plasmodium vivax, Plasmodium malariae e Plasmodium ovale.

Além disso, também é indicado para o tratamento de amebíase hepática, e junto com outros medicamentos, é eficaz no tratamento de artrite reumatoide, nos lúpus eritematoso sistêmico e lúpus discoide, na sarcoidose entre outras doenças.

Esse medicamento pode ser encontrado em farmácias, mas só pode ser comprado com a apresentação de receita médica.

Cloroquina virou medicamento controlado

Anvisa enquadrou a hidroxicloroquina e a cloroquina como medicamento de controle especial.

Por conta da desinformação, diversas pessoas estavam comprando a cloroquina.

Essa medida tomada pela Anvisa foi para evitar que pessoas que não precisam provoquem um desabastecimento no mercado.

Ou seja, os pacientes que sofrem com malária, lúpus e artrite reumatoide ficaram sem os tratamentos necessários.

Esse medicamento pode ser encontrado em farmácias, mas só pode ser comprado com a apresentação de receita médica.

O preço desse medicamento fica entre R$ 50 a R$100, mas pode sofrer reajuste.

Mas e as pessoas que precisam desse medicamento?

As pessoas que precisam do medicamento poderão utilizar suas receitas simples durante o prazo de 30 dias.

Entretanto, a receita será registrada pelo farmacêutico, que já está obrigado a fazer o controle do medicamento no momento da venda.

Essa nova categoria definida pela Anvisa, signifca que o medicamento só poderá ser vendido mediante a receita branca especial, em duas vias.

Os médicos que fazem a prescrição da cloroquina devem começar a utilizar esse formato.

Vale a pena lembrar que não existe estudo comprovando que a cloroquina combate o novo coronavírus, então não tome esse medicamento sem acompanhamento médico, pois pode sofrer efeitos colaterais.

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais do uso desse medicamento são, dores de cabeça, enjoo, vômitos, diarreia, dor de barriga, coceira, irritação e manchas vermelhas na pele.

Nos piores casos pode causar confusão mental, convulsões, queda de pressão sanguínea, alterações no eletrocardiograma e visão duplicada ou borrada.

Enfim, agora você sabe o que é cloroquina. Se gostou do conteúdo, deixe um comentário aqui embaixo e não esqueça de curtir e compartilhar em suas redes sociais!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

NOVO CARTÃO POP SAÚDE

endoscopia pode tomar água

Endoscopia: pode beber água?

Tudo o que você precisa saber para se preparar antes de uma endoscopia Endoscopia: Pode beber água? Pode continuar tomando remédios? Entenda mais sobre o

Leia mais »

Médicos particulares a preços populares

handok

Deixe um comentário