remédios genéricos

Medicamentos genéricos: por que eles são mais baratos?

Por que os medicamentos genéricos custam mais barato?  

Apesar de serem mais baratos, os medicamentos genéricos possuem os mesmos efeitos dos originais. 


O que são medicamentos genéricos? 

De acordo com a Anvisa, os medicamentos genéricos são produtos com o mesmo princípio ativo que medicamentos de referência. O princípio ativo é a substância responsável pelo efeito terapêutico no paciente, ou seja, ele que faz o remédio ter efeito. Por isso alguns médicos na hora de prescrever uma receita, colocam o princípio ativo do lado, para que os pacientes consigam utilizar também os genéricos.  

Medicamentos genéricos e similares têm o mesmo efeito? 

Não. Medicamentos genéricos são diferentes dos similares. Por mais que os dois possuam o mesmo fármaco, concentração, forma farmacêutica entre outras coisas, somente os genéricos possuem obrigatoriamente o teste de bioequivalência com os medicamentos originais.  

Entretanto os medicamentos similares podem usar o nome de sua marca, já os genéricos devem utilizar os nomes dos princípios ativos. 

O que é um teste de bioequivalência? 

Esse teste serve para demonstrar que o medicamento genérico e o medicamento de referência apresentam biodisponibilidade igual no organismo. Ou seja, é uma maneira de provar que o medicamento genérico tem o mesmo efeito que o fármaco de marca, confirmando sua efetividade. 

Qual a diferença entre medicamentos genéricos, de referência e similares? 

  • Genéricos 

Os medicamentos genéricos têm a mesma substância ativa, forma farmacêutica, dosagem e indicação do que os medicamentos de referência, porem utiliza o nome dos princípios ativos. 

  • Referência 

Já os de referência é um medicamento inovador que conta com sua marca registrada após ter sua qualidade, eficácia terapêutica e segurança comprovadas por testes científicos e registrado pelo órgão de vigilância sanitária no país. 

  • Similares 

Os similares são medicamento que possuem o mesmo principio ativo concentração, forma farmacêutica, via de administração, posologia e indicação terapêutica.  

Entretanto o similar não passou pelo teste de bioequivalência do medicamento de referência. Então, isso quer dizer que não foram feitas analises para comprovar que o ritmo e a quantidade de absorção são exatamente iguais aos do remédio original.  

Ou seja, apesar de ter sua qualidade garantida pelo Ministério da Saúde, o medicamento similar não substitui os medicamentos de marca a receita médica. 

Por que os medicamentos genéricos são mais baratos? 

O motivo de serem mais baratos não tem nada relacionado com a eficácia do medicamento. Na verdade, tem relação com os gastos que as indústrias de medicamento de referência têm que as de genéricos não têm. 

Uma indústria que produz medicamento novos, gasta milhões em estudos clínicos que levam anos para serem concluídos. Além do mais, ainda precisam gastar com publicidade e propaganda para conseguirem vender seus produtos novos no mercado. 

Já as industrias de genéricos não tem esses gastos, o que não significa uma qualidade inferior do medicamento. Os testes de bioequivalência, utilizados para comprovar que os genéricos têm as mesmas ações dos de referência, é um processo bastante rigoroso, mas os custos são bem menos. Por isso, os genéricos chegam bem mais barato para os consumidores. 

Enfim, tem alguma dúvida, opinião ou sugestão? Deixe seu comentário aqui embaixo no Cartão POP! 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

NOVO CARTÃO POP SAÚDE

endoscopia pode tomar água

Endoscopia: pode beber água?

Tudo o que você precisa saber para se preparar antes de uma endoscopia Endoscopia: Pode beber água? Pode continuar tomando remédios? Entenda mais sobre o

Leia mais »

Médicos particulares a preços populares

handok

Deixe um comentário